Arquivo da tag: Bruno

Não há nada além do que não há

Cinco da manhã, latas de lixoTodos os tabus vão despertarDeita meu amor, ainda é cedoPra que tanto amor desperdiçarE pra que sair diariamenteNão há nada além do que não háMais um guarda em cada esquinaUma guerra de rotinaDeita meu amor, … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Horizonte Vertical

Sem cortinas os olhos veem bem mais O horizonte vertical Recortando a luz que os olhos têm Vendo um cartão postal Ilusão ? Ali na colina Recria no olhar Uma cor Precisão Partia o dia Da rima Nascia Assim Numa … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Escuridão

Fábio Coala sempre entendo bem aquilo que passamos…. E fazendo nossos olhos suarem. =)

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Milton

“…espero um pouco mais e aprendi a ser como o machado que despreza o perfume do sândalo…” Eu não me lembro quando escutei Milton pela primeira vez, muito menos qual foi a primeira música. Provavelmente foi durante a adolescência, ou … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

I want to be alone (Dialogue)

I want to be alone I need to touch each stone Face the grave that I have grown I want to be Alone Before all the days are gone And darker walls are bent and torn To pass the time … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , , , , | 1 Comentário

De lá até aqui

É preciso um momento de crise para nos fazer parar e observar os rumos que tomamos. E logo percebemos que desviamos do caminho anteriormente traçado. E que logo mais, permanecendo na caminhada, não chegaríamos a lugar algum. Esta última semana … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Ah! O Som Imaginário…

Estou tentando há algumas horas escrever algo que introduza este vídeo. Não consegui. A única definição que posso dar: lindo. Não me canso de vê-lo.   O Som Imaginário foi um banda de apoio de Milton Nascimento. Foi criada na … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O padre cantor na vila dos reacionários (ou sobre como funciona o município de Formiga-MG)

  Formiga é um município mineiro, situado na mesorregião do Oeste de Minas, com 65128[1] habitantes distribuídos em uma área de 1503,8 Km²[2]. Fruto de uma paragem para viajantes que transitavam pela Picada de Goiás, possui 153 anos de emancipação … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , , | 2 Comentários

Decepção

Decepção. Está resumida minha semana. Decepção com a capacidade das pessoas, com as opiniões, com as ações. É lamentável ver o quão reacionária é a sociedade brasileira e o quão longe ela está de alcançar prosperidade. Desejar um tratamento desumano … Continuar lendo

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

Tudo o que é solido se desmancha no ar

Nada realmente é eterno. Marx tinha razão. Principalmente as idéias, suas origens e frutos. É hora de pegar os restos, ver o que ainda presta e dialeticamente montar algo novo.

Publicado em O Mundo de Bruno | Marcado com , , , , | Deixe um comentário